Contra Queda de Cabelo
Tudo sobre Queda de Cabelo

Tudo sobre: Dicas Contra Queda de Cabelo

Tratamentos eficazes contra a queda de cabelo

Desde a visita ao médico (que deve sempre acontecer) até a mudança de alguns hábitos de vida, há diversas formas para tratar a queda de cabelo. Conheça algumas formas para pôr fim a tão indesejada queda dos fios. Acompanhe!

Responsável por um dos inconvenientes que irritam a grande maioria das pessoas que sofrem do mau, a queda de cabelos é uma das razões que fazem com que os consultórios de dermatologia estejam cheios constantemente. Ou por motivos genéticos, psicológicos ou sintomáticos, a queda capilar atinge homens e mulheres das mais diferentes idades – hoje, é comum vermos os mais jovens já sofrendo com a queda dos fios. Por isso, cada vez mais pessoas buscam por soluções eficientes para evitar (ou retardar) a queda de cabelo.

Como evitar?

Para as mulheres, geralmente, a causa da queda de cabelos é provocada pelo descuido com os fios. Usar o cabelo preso durante muito tempo, por exemplo, faz com que o cabelo permaneça puxado por longos períodos, o que tem como resultado o enfraquecimento da raiz e a inevitável queda.

Queda de cabelos em mulheres

Técnicas de escova e alisamento químicos também podem ser a causa da perda de muitos fios, já que, em vários casos, a química pode ser muito forte para a raiz do cabelo. Mulheres que buscam uma beleza instantânea e de momento, podem sofrer muito com as consequências que virão no futiro.

Os homens também devem evitar processos químicos, já que, apesar de ser mais frequente com o público feminino, existem muitos homens que estão aderindo às técnicas de alisamento ou relaxamento capilar.

Visite o médico

Além de consultar um médico especializado imediatamente ao identificar a queda de cabelos, é necessário que a alimentação receba uma atenção especial, já que deixar de consumir determinadas vitaminas pode ser a causa da queda de cabelos. Ingerir frutas e verduras cruas é uma maneira de garantir resistência ao couro cabeludo e aos fios.

consulte um médico para tratar a queda de cabelo

Quem sofre de queda capilar devido às causas genéticas, ao consultar um dermatologista, deve optar por ingestão de remédios orais ou, então, aplicação de soluções no próprio couro cabeludo. Doenças capilares podem ser observadas pelo médico, portanto, somente este profissional poderá indicar uma medicação especial para cada caso.

Tratamentos caseiros

Além de consultar um médico especializado, algumas soluções caseiras podem auxiliar o tratamento da queda, tanto para homens, quanto para mulheres. A seiva da babosa é um poderoso ingrediente, que ao ser aplicado diretamente no couro cabeludo e agindo durante 24 horas, com posterior remoção com água morna e xampu habitual, pode resultar em melhoras. O processo pode ser repetido duas vezes ao mês.

Trtamentos caseiros para queda de cabelo

A ingestão de gérmen de trigo também é uma ótima opção no tratamento contra queda de cabelo, e deve ser feita de maneira que duas colheres do gérmen de trigo em pó diluídas em água ou em suco podem ter efeitos positivos em, no mínimo, três meses.

Diversas opções podem garantir a saúde dos seus cabelos. Escolha aquela que combina mais com o seu estilo e mantenha, sempre em dia, a saúde dos fios capilares e do couro cabeludo.

Dicas para pôr fim à queda de cabelo

A Queda de Cabelo é uma triste realidade para muitos brasileiros. Esse mal não escolhe suas vítimas por nenhum critério que não seja a pré-disposição. Às vezes, a queda de cabelo vem por outras circustâncias, como o estilo de vida. Se você quer pôr fim à esse problema, confira algumas dicas que separamos para você.

Quando o cabelo começa a cair um dos primeiros “sintomas” são as entradinhas que começam a aparecer e, com isso, o nervosismo toma conta, principalmente das mulheres, que são tão vaidosas e sensíveis a qualquer grande transformação no corpo. Alguns casos são hereditários, outros variam de acordo com o estresse do dia a dia e isso, infelizmente, é uma das principais causas que levam a perda dos cabelos – independente do sexo e idade.

Mas nada de entrar em pânico. É normal a queda de cabelo nos primeiros meses da amamentação, após cirurgias e em casos de distúrbios hormonais. Se a queda for muito grande ou não cessar depois de algum tempo, procure um médico dermatologista, pois há grandes chances de ser algo mais sério e que pede cuidados profissionais.

Quando você começa a ver aquelas falhas no cabelo ou os amigos ficam fazendo piadinhas, automaticamente a autoestima acaba ficando lá embaixo. Mas fique tranquilo, a queda de cabelo acontece com muitas pessoas e utilizar técnicas caseiras pode ajudar e muito, além, é claro, do acompanhamento médico.

Queda dos Cabelos - dicas para acabar

Todavia, alguns tipos de tratamento mais modernos já estão sendo usados com mais frequência, pois estão cada vez mais acessíveis, como a cirurgia capilar, cremes e mais uma infinidade de produtos existentes no mercado de cosméticos.

Praticar exercício físico e ter uma alimentação rica em vitaminas e cereais é fundamental para controlar a queda, pois quanto melhor a circulação sanguínea, maior será o fortalecimento dos fios. É claro que essa dica se estende para a saúde geral do corpo e da alma.

Entretanto, para quem deseja prevenir essa situação de queda de cabelo, algumas dicas são essenciais. Existem muitas pessoas que lavam o cabelo todos os dias, se você não tiver os cabelos oleosos, evite lavá-lo com frequência, pelo menos tente lavar apenas duas vezes por semana, a não ser que seu cabelo esteja sujo. Essa é uma questão que varia muito de pessoa para pessoa. Aliás, toda vez que lavar seu cabelo, enxágue-o muito bem, pois deixar resíduos de shampoo ou condicionador no couro cabeludo pode acarretar em oleosidade dos fios.

Utilize sempre um pente de cerdas largas ainda no banho com os cabelos molhados e com condicionador, comece sempre penteando das pontas, deixando sempre a raiz por último. E lembre-se de prendê-los somente quando estiverem totalmente secos.

São dicas simples, mas que quando efetuadas perfeitamente podem trazer bons resultados. E se, mesmo assim, o seu cabelo continuar caindo, procure um médico, pois ele apresentará todas as opções para que esse problema tenha um fim definitivo!

A importância do acompanhamento médico no tratamento contra queda de cabelo

O grande erro de que sofre com a queda de cabelo é deixar para procurar um médico especialista muito tarde. As vezes, o problema é agravado devido a automedicação. Confira algumas informações importantes que vão tem convencer a procurar um médico especialista para cuidar desse problema. Veja!

A queda de cabelo é um problema que atinge praticamente todos os seres humanos. Até 80% dos homens e 30% das mulheres sofrerão com a calvície até o fim de sua vida. E este problema é muito prejudicial e muito difícil de ser tratado porque não tem cura. O que existe no ramo da medicina são apenas tratamentos que inibem a queda e, em alguns casos, ajudam a aumentar o crescimento de novos fios.

São diversos tipos de tratamentos disponíveis e eles variam de acordo com a causa da calvície, que pode se dar por fatores hormonais, genéticos, externos, alimentação, entre outros. É a variedade de tipos de tratamentos que faz com que o uso de remédios e outras substâncias seja deliberado e feito sem o acompanhamento médico ideal. As principais consequências de tomar remédios sem o acompanhamento médico são, entre outras, o agravamento do problema e lesões na pele ou disfunções no organismo.

Médico dermatologista cuidando dos cabelos

Médico dermatologista cuidando dos cabelos

Se você sofre com a queda de cabelo, procure um médico antes de tudo. O médico especialista para este caso é o dermatologista. É ele quem fará uma avaliação e alguns exames para definir a medicação correta a ser tomada. Afinal, até o estresse pode causar a queda dos cabelos! Então, não são só os shampoos que devem ser usados. Há uma série de componentes, como a Finasterida e o Minoxidil, que têm funções diferentes no tratamento e só devem ser utilizados com receita médica. Lembre-se que o tratamento é longo – dura no mínimo seis meses. Por conta disso, é necessário que sejam feitas consultas regulares com o dermatologista para que ele possa acompanhar o tratamento e dizer quando deve ser feito o uso de uma outra substância ou diminuída a quantidade de remédios e shampoos.

Os cabelos caem

Os cabelos caem…

Vale lembrar que todas as pessoas perdem cabelos todos os dias. O natural – e aceitável – é perder de 50 a 70 fios. Se você perceber que a queda é bastante acentuada, passando dos 100 fios por dia, procure um médico. É importante saber que produtos químicos, alisamentos térmicos e má alimentação acentuam a perda de fios e podem trazer calvície mais cedo. Por isso, tente manter seu cabelo o mais natural possível e sua alimentação balanceada. Desta forma você evita os tratamentos e tem seus cabelos com mais saúde por mais tempo!

7 Dicas para evitar o enfraquecimento e queda dos cabelos!

A queda de cabelo atinge cada vez mais pessoas. Nesse post, mostraremos como você deve cuidar dos fios para evitar a queda, deixando-os fortes e saudáveis.

Cuidar bem dos cabelos é uma tarefa árdua, mas que deve ser feita com muita atenção e que recompensa àqueles que perseverarem no cuidado. Porém, nem todo mundo tem a paciência necessária para cuidar da forma adequada, mesmo conhecendo as consequências de um cabelo enfraquecido – que é a queda constante. Você com certeza não quer isso não é verdade? Além do que, é muito melhor prevenir, do que recorrer aos tratamentos que costuma custar muito caro, ou aos remédios, como o pantogar, por exemplo. E para que você possa começar, agora mesmo, esses cuidados com o seu cabelo, separamos 7 dicas que são fáceis de serem colocadas em prática, e depois, mantidas. Vamos lá?

enfraquecimento do cabelo

Não durma de cabelo molhado

Não lave o cabelo se pretende dormir em seguida. O cabelo fica abafado no travesseiro e acaba enfraquecido, deixando-o propício a quedas e outros problemas decorrentes desse mau hábito de deitar com o cabelo molhado, como a caspa, por exemplo.

Cuidado no Banho

Evite ficar muito tempo embaixo do chuveiro quente. Isso enfraquece bastante o cabelo e até mesmo pode ser prejudicial para sua pele. Além de proteger o seu corpo, um banho mais rápido é sinal de que você está cuidando do meio ambiente.

Evite o estresse

O estresse é um grande responsável pela queda de cabelo em várias pessoas. Procure fazer um esporte ou ter um hobby para viver uma vida menos estressante. Uma vida repleta de atividades, além de fazer bem para o seu corpo e sua mente, é fundamental para o fortalecimento dos cabelos.

Boa Alimentação

Se você pretende prevenir a queda do cabelo, tome suplementos vitamínicos que costumam ser vendidos em farmácias. Muitos desses suplementos são indicados, especialmente, para a prevenção da queda do cabelo. Alguns suplementos de zinco, ou mesmo extratos de sementes de abóbora, fazem com que a queda de cabelo seja evitada.

Má Alimentação

Assim como existem alimentos que promovem a saúde do cabelo, existem aqueles que, em excesso, deixam os fios frágeis e facilitam a queda. Evite em seu cardápio diário café, frituras, alimentos muito gordurosos e açúcar refinado em excesso, além das bebidas alcoólicas. Uma educação alimentar será importante não só para o cabelo, como também, o restante do seu corpo.

Cuidado com os produtos em excesso

cabelo caindo?

Evite ao máximo os produtos químicos a base de formol, tinturas de cabelo e outros tratamentos agressivos, pois eles podem trazer danos aos fios, por isso, fique longe de qualquer tratamento com excesso de produtos químicos. Prefira produtos naturais em seu cabelo e mantenha sempre uma boa hidratação.

Evite bonés e chapéus

Essa dicas é válida, principalmente para os homens, pois o uso excessivo de bonés e chapéus pode deixar o couro cabeludo abafado e os poros tampados. Isso enfraquece o cabelo e faz com que ele caia com mais facilidade.

Dúvidas ou sugestões, deixem nos comentários! Quem sabe não criamos uma segunda versão desse artigo com sua ajuda?

3 sinais de que está na hora de procurar um médico para avaliar a queda de cabelo

O corpo nos dá sinais sempre que algo está errado. Isso não seria diferente com relação aos cabelos. Sempre que um problema está acontecendo você começa a notar que os cabelos começam a cair. Separamos 3 problemas que são comuns e que provocam a queda dos fios. Veja com atenção e não deixe de procurar ajuda de um especialista quando notar que o caso está extrapolando o bom senso.

A partir do momento que a queda dos fios se torna maior do que o normal a pessoa deve procurar um médico dermatologista para descobrir os motivos e então iniciar o tratamento correto. Estudos apontam que perdemos cerca de 100 fios diários. Os cabelos caem e são substituídos por outros em um processo de renovação constante. Porém, nos casos de calvície, há uma atrofia no bulbo capilar e não crescem fios novos.

Esta é uma preocupação que atinge homens e mulheres, geralmente no período da adolescência – devido às questões hormonais – e se caracteriza pelo gradual afinamento e queda dos fios, que se agrava com a idade.

cabelo caindo

A prevenção é o principal remédio, portanto, assim que você notar os primeiros sintomas, o correto é ir ao médico imediatamente para começar o tratamento e retardar a evolução da doença ou, até mesmo, revertê-la.

O tratamento pode ser feito através de medicamentos ou cirurgia. Porém, antes de recorrer aos transplantes capilares, é mais aconselhado optar por remédios, cremes ou sprays que além de serem mais baratos, são eficientes no combate à progressão da doença. Muitas vezes, uma simples mudança de hábito já pode ser o suficiente para acabar com esse incomodo!

O importante é ficar alerta quanto à ocorrência da calvície e saber a hora de ir a um dermatologista. Separamos abaixo 3 “avisos” que o corpo nos dá, alertando que é a hora de procurar ajuda de um profissional. Veja com atenção:

Predisposição genética

Quando a calvície ocorre por predisposição genética, os homens começam a notar os sinais através do aumento das ‘entradas’. Já nas mulheres, se nota uma concentração de perda dos fios no topo do couro cabeludo. Nestes casos, a pessoa já deve estar atenta aos sinais de seus pais e reparar os sinais em si, no período da puberdade. O acompanhamento médico, nesse caso, talvez não evite a queda dos fios, porém, pode retardar a perda, ou então, diminuir a intensidade.

Cabelos caindo mais que o normal

Quando a alopécia se dá por outros motivos – aqui se enquadram os distúrbios hormonais e emocionais, a pessoa consegue perceber a queda além do normal, pelo excesso de fios no travesseiro, toalhas e ao pentear os cabelos. Sendo assim, o dermatologista conseguirá avaliar o real motivo, para então, prescrever a solução mais indicada ao problema.

perdendo cabelo

Reação à tratamentos químicos

Alisamentos e tinturas deixam seus cabelos lindos e maravilhosos, porém, podem ser agressivos as madeixas. Quando a pessoa não se adapta ao produto, este pode reagir de forma negativa no couro cabeludo e gerar a brusca queda dos fios. Além disso, realizar muitas químicas seguidas podem ocasionar os famosos ‘choques térmicos‘. Por isso, lembre-se: antes de submeter o cabelo a qualquer tratamento químico, o ideal é que se faça um teste em algumas mechas, evitando assim, problemas maiores.

Qualquer que seja o sinal da queda mais intensa dos cabelos, lembre-se que você deve procurar um médico especialista, ao invés, de tentar tratamentos que não sejam seguros e comprovados. Em alguns casos, as mudanças de hábitos, como já foi dito acima, são suficientes para acabar com esse problema, porém, muitas vezes, só o acompanhamento de um profissional é que resolverá o problema.

Página 1 de 612345...Última »