Acabe com a queda de cabelo!

Junte-se a mais de 5.147 leitores que aprenderam a lidar com a queda de cabelo com nossas dicas e em POUCO TEMPO (é grátis)!

Causas da queda de cabelo. Você conhece as principais? Faça seu diagnóstico

A que da de cabelo é mais comum do que você imagina e também é mais preocupante do que pode parecer. A queda excessiva dos fios geralmente é um sinal de desregulação hormonal, presença de doenças e, principalmente, falta de vitaminas e nutrientes essenciais. A eliminação dos fios até certo ponto é natural, o problema é quando a perda é maior do que 120 fios diários dos aproximadamente 150 mil presentes no couro cabeludo.

Isso quer dizer que o cabelo que cai no ralo, na escova ou no travesseiro é algo normal para qualquer pessoa. O problema é quando o couro cabeludo começa a apresentar outros sintomas como oleosidade, irritação, falhas, vermelhidão e os fios se apresentam quebradiços, ralos e sim vida.

Em geral quando a perda de cabelo mais intensa acontece antes dos 50 anos de idade quer dizer que você sobre de algum problema causador da queda. São várias as possibilidades e nem sempre é necessário ir à um médico especialista para conhecer o diagnóstico. Confira aqui as principais causas da queda de cabelo e entenda de uma vez por todas o que torna a sua:

contra queda de cabelo

Principais causas da queda de cabelo – Faça seu diagnóstico

São vários os fatores para a queda de cabelo. Algumas são mais comuns em mulheres, outras em homens. Para fazer o seu diagnóstico sem ajuda de um médico basta avaliar os sintomas e comparar com o que se passa na sua vida. Segundo os especialistas o diagnóstico correto é o primeiro passo em direção a solução da queda de cabelo.

Alopecia de Tração

Ocorre quando as pessoas puxam os cabelos com força excessiva, arrancando-os e provocando buracos entre os cabelos. Além das questões estéticas, a perda do cabelo dessa forma pode ocasionar problemas ao couro cabeludo, como lesões e exposição às bactérias.

A alopecia de tração é provoca por pessoas que exageram na fricção como por exemplo com rabos de cavalo, penteados elaborados ou uso frequente de chapéus. Nestes casos o tratamento não implica somente em abandonar estes maus hábitos como recorrer à tratamentos que fortaleçam o couro cabeludo e acelerem o crescimento capilar.

Alopecia Areata

esse tipo de alopecia é transmitida principalmente por questões hereditárias e genética. É facilmente identificada por áreas redondas no couro cabeludo onde há a ausência dos cabelos. A Alopecia Areata atinge pessoas de qualquer sexo, raça e idade, mas é comum em pessoas com mais de 20 anos.

Um simples teste efetuado por seu médico é capaz de definir esse problema. O tratamento deve ser feito com bastante cuidado e dedicação por parte do paciente, evitando assim, a perda total dos cabelos (alopecia totalis). Até hoje não se conhece a cura para esta condição. Confira aqui o conteúdo completo sobre o assunto. 

principais causas da queda de cabelo

Alopecia Androgenética

A Alopecia androgenética é a principal causadora de queda de cabelo no mundo. Estima-se que cerca de 70% dos homens e 40% das mulheres são atingidas por essa condição genética em algum momento da vida. Entre os homens geralmente ocorre antes, no período de adolescência a juventude.

Nesta situação a enzima chamada de alfa reductase reage com a testosterona presente no organismo e forma uma versão hormonal mais forte, o DHT (hidrotestosterona). Quem carrega o gene da alopecia androgenética criará uma sensibilidade a este hormonio que causará a perda de cabelo e falhas no couro cabeludo.

Nas mulheres, os casos são menos comuns e aparecem mais tarde. No entanto, no universo feminino o drama acaba sendo maior . Infelizmente, não se conhece a cura para as pessoas que carregam este gene.

O tratamento adequado para ajudar a fortalecer os fios, manter os hormônios regulados e assim ajudar a manter o máximo de fios no couro cabeludo, evitar as falhas características da calvície e outros sintomas capazes de arrasar a autoestima deve-se confiar nos suplementos 100% naturais que permitem, com simplicidade, manter todas as condições necessárias para o crescimento natural dos fios e prevenção da queda.

Queda de cabelo na gestação

A queda que geralmente ocorre após o parto é totalmente reversível. Nesta situação, o cabelo torna-se fino durante a gravidez, devido o aumento de circulação de estrogênio Aliás, um dos primeiros sinais de gravidez também é a queda dos fios, aumento de oleosidade na pele, cravos e espinhas. Após o parto, os níveis de estrogênio voltam ao normal e os folículos de cabelo caem. Situações semelhantes, podem ocorrer quando as mulheres fazem tratamentos de estimulação de fertilização.Para saber mais detalhes sobre esta causa de queda clique aqui. 

Neste caso a perda dos fios acontece principalmente porque o organismo está se preparando para receber um bebê e precisa concentrar o máximo de energias e nutrientes para fazer com que a criança se desenvolva com saúde. A mãe pode ficar com uma nutrição deficiente. A melhor forma de tratamento é por meio de suplementos especializados ricos em vitaminas e nutrientes completos.

Amamentação

O momento de aleitamento para a mãe também pode ser bastante agressivo. Como o leite materno é muito rico em vitaminas, nutrientes e substâncias que serão responsáveis por fortalecer o sistema imunológico do bebê, a mãe poderá ter o enfraquecimento do corpo durante este momento, até os dois anos de idade.

Para não sofrer com a má aparência durante esta etapa é possível resolver o problema da queda dos fios com suplementos ricos em vitaminas e nutrientes.

Má alimentação

Junto com o stress, a má alimentação é um dos grandes vilões do cabelo. A má alimentação também é atribuída à falta de tempo e o ritmo de vida que levamos. Acontece que com uma gama de produtos extremamente processados e industrializados a mais parte das substâncias que ingerimos já obteve grande perda nutricional no momento de industrialização.

O resultado disso é que o nosso corpo passa a dar preferências a determinados tipos de atividade, como o funcionamento dos órgãos vitais e deixa o suprimento de vitaminas e nutrientes dos cabelos e unhas de lado.

Em alguns casos, mesmo aqueles que tem uma alimentação balanceada e que faz a inclusão de diversidade de alimentos sofre com a deficiência de nutrientes essenciais para manutenção do crescimento capilar como as vitaminas no complexo B, ferro, zinco e proteínas. Quem sofre de processos inflamatórios ou tem alergias tem maiores tendências de desenvolver a queda de cabelo devido a este fator.

Os vegetarianos e veganos também tem chances maiores de ter a queda de cabelo causada pela alimentação irregular. A falta de alimentos de origem animal pode causar deficiência de ferro e proteínas (presente na carne, leite, ovos e outros) a consequência poderá ser vista na saúde dos cabelos, da pele, unhas e até dos dentes. Em casos mais sérios pode-se desenvolver anemia – uma outra potente causadora da perda de fios.

Por isso, se você não tem o tempo ideal para uma refeição saudável, tenha cuidado, pois a queda de cabelo pode lhe afetar. Procure ingerir alimentos que ajudam a previnir a queda de cabelo e alimente-se com responsabilidade.

Hipotiroidismo

Uma doença que está ficando cada vez mais comum na população pode causar a queda de cabelo. A disfunção na hipófise atinge quase 2% da nossa população, seu tratamento é simples, porém, seus danos a saúde podem levar, entre outras coisas, à queda de cabelo.

Por isso, se você notar uma perda excessiva de cabelo ou o pescoço inchado (dois fatores comuns entre os portadores dessa doença), procure seu Endocrinologista, pois você pode estar com algum problema na hipófise. O tratamento é fundamental para se evitar a perda de cabelos. Fique atento, pois a doença atinge homens e mulheres!

Doenças inflamatórias ou tumores

Doenças inflamatórias, infecções virais, tumores malignos e outros tipos de doenças agressivas são grande causadoras de intensa perda capilar. Nestes casos notar falhas no couro cabeludo é normal devido a problemas de saúde mais sérios. Dificilmente não existem outros sintomas mais sérios como dores, aparecimento de manchas na pele e demais possibilidades correlatas.

No caso de câncer não é somente a doença em si que poderá ser causadora da perda do cabelo como também o tratamento agressivo como a radioterapia e quimioterapia. Alguns antibióticos também tem como efeito colateral a exclusão dos fios.

Dermatite Seborréica

A dermatite seborreica é uma inflamação que não tem causa específica. Ela causa uma espécie de alergia caracterizada pelo aumento da oleosidade do couro cabeludo, descamação e vermelhidão que pode se estender até a face. Ela pode ter carácter crônico ou estar sempre sumindo e reaparecendo.

Estas reações deixam o folículo capilar enfraquecido, que por sua vez cai. Este problema, quando recorrente, também prejudica o crescimento dos cabelos de forma saudáveis. Logo nos primeiros sinais deve-se recorrer a métodos utópicos e formas de fortalecer o sistema imunológico.

Eflúvio Telógeno

Essa doença provoca a queda dos fios na fase telógena, quando o folículo capilar ainda não está bem estabelecido. As causas podem ser variadas como no pós operatório, febre alta, traumas físicos e psicológicos.

Os principais sintomas são de quando se penteia o cabelo os fios se desprendem, geralmente são muito finos e pequenos. Tratar com o fortalecimento do copro com nutrientes e vitaminas é uma forma prática de prevenir a queda dos fios que sofrem com essa questão.

Excesso de processos químicos

Entre as mulheres o uso de progressivas, baby liss, chapinha, tintura, alisamentos e vários outros produtos químicos que alteram o cabelo podem, a longo prazo causar a queda de cabelo e enfraquecimento dos fios. Uma das soluções é raspar a cabeça e esperar que os fios cresçam naturalmente do zero e sem nenhum interferência química.

Mas se ficar quase careca não está nos seus planos então é possível recorrer a métodos com suplementos naturais que incentivam o crescimento dos fios naturalmente por meio de condições no seu organismo.

Stress, ansiedade e depressão

A ansiedade, depressão e stress também são fatores nem sempre causadores, mas que fortalecem motivos para que o cabelo caso. Se esse é seu caso trate de pensar alternativas de mudar a rotina, escapar dos problemas e aliar suplementos sem efeitos colaterais para te ajudar a ter mais disposição e alegria para as situações do dia a dia.

Viu? Essas são algumas das principais causas de perda de cabelo. Você está sofrendo com isso? Se identificou com algum dos problemas acima? Está esperando o que? Procure seu médico e inicie um tratamento agora mesmo! E não se esqueça, volte aqui e escreva seu relato sobre o tratamento da queda de cabelo.

Fatores que causam queda de cabelo entre as mulheres

  • Perdendo os cabelos - Perdendo a cabeçaUso de anticoncepcional
  • Alterações hormonais
  • Pós-parto e amementação
  • Muita quantidade de testosterona livre no organismo
  • Baixa imunidade
  • Anemai
  • Deficiência de vitaminas, principalmente zinco e ferro
  • Reações da amamentação ou pós-parto
  • Processos químicos agressivos
  • Rejeições a compostos petroleados de shampoos e condicionadores
  •  Eflúvio telógeno
  • Sintomas da gravidez (um dos primeiros sinais)
  • Dermatite
  • Seborreia
  • Anemia
  • Diabetes ou pré-diabetes
  • Síndrome dos ovários policísticos
  • Baixa imunidade

Fatores que causam queda de cabelo entre os homens

  • Calvície masculina
  • Calvície Areata
  • Sensibilidade à testosterona
  • Dermatite
  • Excesso de oleosidade
  • Anemia
  • Doenças infecciosas
  • Falta de nutrientes ou vitaminas
  • Fungos e bactérias
  • Baixa imunidade
  • Alteração hormonal da quantidade de testosterona
  • Problemas na tireóide

Conseguiu fazer o seu diagnóstico? Viu como é fácil reconhecer o porque seus cabelos caem? Se perder cabelo já fez parte de seus pesadelos diários não precisa se desesperar, pois existem tratamentos muito avançados hoje em dia que permite aliar condições perfeitas no seu organismo para que novos cabelos cresçam.

Aceitar a condição de má aparência nunca será a melhor opção. A autoestima, auto confiança e qualidade de vida são extremamente importantes para manutenção de uma vida plena e completa. A perda de cabelo é sim um fator a ser tratado e investigado.

Se você ainda está com dúvida os exames de sangue e consulta com um médico podem lhe ajudar a desvendar a causa da sua queda de cabelo. Esteja sempre atento aos sinais do seu corpo, eles dizem muito sobre a sua saúde e necessidades!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *