• Já somos 806 interessados em receber dicas, GRÁTIS, sobre Queda de Cabelo!

  • Alopecia. O que é e como tratar a alopecia

    Alopecia (ou alopécia – as duas pronúncias são aceitas) significa a redução parcial ou total dos pelos do corpo ou cabelos, sendo chamada de alopecia universal quando afeta todos os pelos do corpo, incluindo o fator da queda de cabelo. Causada por vários sintomas e com eficaz tratamento, alopecia pode ser congênita ou hereditária, traumática (com lesões e contusões perto do couro cabeludo), neurótica, seborréica, emocional, entre outros. Pessoas com alergia a glúten e outros fatores bioquímicos também podem apresentar alopecia.
    O diagnóstico de alopecia pode também se relacionar à possibilidade de manifestação causada por fatores secundários, como distúrbio interno dos órgãos. Nas mulheres, o chamado deflúvio, queda de cabelo gradual, também pode ser causado pela alopecia e responde bem aos tratamentos. O fator androgenético, que atinge homens e mulheres causando queda de cabelo entre a puberdade e a vida adulta também pode ser sinal de alopecia e seu tratamento também se apresenta bastante eficaz.

    A situação toda, incluindo a queda de cabelo, pode ser controlada com tratamento médico, e o diagnóstico geralmente pode ser feito por um dermatologista.

    Alopecia tem tratamento - Procure seu médico

    Alopecia tem tratamento – Procure seu médico

    Quando do tratamento, alopecia é considerada uma doença como qualquer outra e, portanto, necessita de acompanhamento médico para garantir bons resultados e também o bem estar do paciente. É comum que pessoas com queda de cabelo acentuada procurem resolver o problema com xampus específicos e outros cosméticos (ou até mesmo com tratamento caseiro para queda de cabelo), mas se a situação persistir, pode se tratar de um quadro de alopecia e, aí, o diagnóstico de um bom médico é fundamental.

    É ele quem vai definir a causa da alopecia, que podem ser variadas, e suas possibilidades de tratamento. Geralmente o tratamento para alopecia é feito com soluções capilares, mesoterapia, vitaminas e xampus essenciais. Nos casos mais avançados, implante capilar também é uma opção. Estudos recentes mostram que a cafeína, aplicada topicamente pela pele através de formulações farmacêuticas, também pode ser um ingrediente eficaz no tratamento contra alopecia. No entanto, somente um médico pode definir quais estudos, comprovados ou experimentais, são ideais em cada tipo de caso.

    E você, está com alguns “buracos” indesejados entre os seus cabelos? Já procurou o médico para solucionar, de vez, esse problema? Então, não espere ele se agravar, um diagnóstico logo no início do problema apresenta chances muito maiores de cura! Procure agora mesmo um bom dermatologista e livre-se desse problema! Alopecia tem cura, basta tratar corretamente.

    Você já teve esse problema, ou está tratando? Que tal dividir suas experiências com o nosso blog? Faça um comentário abaixo falando sobre suas atitudes para tratar a alopecia. Seu comentário pode ser muito importante para outras pessoas que enfrentam esse problema.

    234 Comments

    Deixe seu Comentário

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *