Queda de cabelo – Qual médico procurar?

Vencendo a Cálvice

Muita gente tem um problema de escolha que até parece ser impossível de ser resolvido quando se depara com um quadro inesperado (ou inusitado, dependendo da idade do paciente) de queda de cabelo: qual especialidade ou área médica é a mais indicada para diagnosticar doenças associadas à queda dos fios?

 

Essa dúvida sobre qual área ou profissional é capacitado para indicar o melhor tratamento para queda de cabelo é bastante comum, afinal, as palavras “médico” e “queda de cabelo” parecem nunca estar em consonância.

Dermatologista - Médico que trata a queda de cabelo

Dermatologista – Médico que trata a queda de cabelo

Já ouvimos falar de cabeleireiros que cuidam dos cabelos, mas o pensamento geral é que não existe um médico que trate especificamente dos fios, certo? Ou será que existe?

Sim, existe e vem a calhar de ser aquele mesmo médico que a gente procura para tratar doenças de pele, como acnes, urticárias e excesso de manchas e pintas: o dermatologista.

Além da pele, o dermatologista é especialista também em diagnosticar e tratar doenças de unhas e cabelos, que constituem partes essenciais do maior órgão humano.

Por isso, ao enfrentar a queda de cabelo, a melhor medida a ser adotada é agendar uma consulta junto ao profissional, que analisará seu caso, identificará a causa do problema e passará o tratamento mais indicado.

Entendendo a queda de cabelo

Veja como eliminar a Queda de Cabelo

Você sabia que tanto homens como mulheres podem ser vítimas da queda de cabelo? Tradicionalmente, ela atinge com maior incidência pessoas mais velhas, porém o número de adolescentes e adultos com esse problema é cada vez maior.

Mas, você sabe ao certo o porquê de os fios caírem e deixar os cabelos mais ralos e esparsos? São várias as causas do problema! Conheça aqui algumas delas!

entenda-a-queda-de-cabelo

 

Hormonal: alterações hormonais levam à queda de cabelo com alta frequência, sobretudo nas mulheres. Justamente por isso, esse é um problema comum em gestantes e durante o pós-parto, inclusive no uso de anticoncepcionais. (leia mais aqui)

Genética: a perda de cabelo também pode ter causa hereditária. Se houver casos de pessoas com esse problema ou calvície em sua família, as chances de você enfrentar essa situação são maiores. (leia mais aqui)

Emocional: estresse físico e vivência de experiências traumáticas podem desencadear a queda de cabelo. Nesse caso, o fio que está em fase de crescimento passa para a de repouso, fazendo com que caía antes do tempo.

Uso de medicamentos: alguns remédios utilizados em tratamentos podem levar à queda dos fios. Os mais conhecidos são os casos de medicamentos para tratamento de câncer, artrite, doenças cardíacas, pressão alta e depressão.

Causas secundárias: ocorrem quando alguma doença gera a queda do cabelo. É o caso de problemas na tireoide, que desregulam os níveis hormonais, além de infecções no couro cabeludo, alopecia, líquen plano, lúpus e anemia.

Excesso de processos químicos: colorações e alisamentos podem danificar não somente seu cabelo, mas também o couro cabeludo, acelerando a perda os fios. (leia mais aqui)

Em todos esses casos, e outros que podem ser listados, o dermatologista é o médico que atua como especialista no diagnóstico e na indicação de tratamento para queda de cabelo.

Também é o dermatologista direcionará o paciente a outros médicos, para resolver problemas primários que tenham causado a queda de cabelo, mediante exames específicos pedidos em cada caso.

Como se proteger da queda de cabelo?

Veja como eliminar a Queda de Cabelo

  • Controle o estresse. A melhor forma é praticar exercícios regularmente, uma vez que a atividade física libera endorfina no organismo, substância que acalma e dá sensação de bem-estar.
  • Melhore sua alimentação. Fazer refeições pobres em nutrientes, como vitaminas e minerais, enfraquece o couro cabeludo e provoca a queda de cabelo. Por isso, passe a consumir mais alimentos saudáveis.
  • Lave o cabelo regularmente. A gente sabe: quando se enfrenta queda de cabelo, parece que ele cai ainda mais na hora de lavá-lo. Mas não é bom deixar os fios sujos, o que pode favorecer ou agravar o problema, inclusive dar caspa. Adote uma rotina de limpeza, utilizando produtos específicos para queda de cabelo.

Dermatologistas - Médico para Queda de Cabelo

Seguiu todas essas recomendações e mesmo assim vê seus cabelos caírem? Então, não deixe de consultar um dermatologista, para ter um diagnóstico preciso e indicação de tratamento adequado.

Já sabia que o dermatologista é o especialista em queda de cabelo? Caso você já tenha passado por alguma experiência ao visitar o dermatologista por conta da queda de cabelo, que tal dividi-la com os outros leitores do nosso blog? Muitas vezes, o que falta para as pessoas criarem coragem e procurarem um médico é o incentivo, e o seu comentário poder ser fundamental. Participe do blog e ajude outras pessoas que enfrentam o problema da queda de cabelo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (321 votes, average: 4,70 out of 5)
Loading...
28 Comments

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *