Acabe com a queda de cabelo!

Junte-se a mais de 5.147 leitores que aprenderam a lidar com a queda de cabelo com nossas dicas e em POUCO TEMPO (é grátis)!

Tipos de remédios para queda de cabelo

A queda de cabelo é um drama comum entre homens e mulheres, o remédio para queda de cabelo correto irá depender da causa da queda de cabelo. O tratamento tem diferentes características e, quando aliados a atitudes saudáveis, são o suficiente para fortalecer os fios e trazer a saúde dos cabelos de volta.

Aqui você confere os tipos de remédios mais comuns e receitados por médicos para o tratamento de diferentes causas de queda de cabelo. Alguns tem função de tônico capilar para o fortalecimento dos fios, uns para equilíbrio hormonal e outros focam nas receitas naturais de poucos efeitos colaterais.

Tipos de remédios para a queda de cabelo

Os medicamentos para queda de cabelo vão desde shampoos concentrados  e suplementos alimentares até fármacos. O tratamento adequado depende da causa da queda de cabelo de cada um, por isso é importante diagnosticá-la antes de iniciar qualquer teste para recuperar a saúde dos fios.

O diagnóstico da queda de cabelo pode ser feita analisando a aparência dos fios. Por exemplo, se o cabelo que cai for oleoso é provável que o problema seja a sensibilidade do couro cabeludo à testosterona (tanto para homens quanto mulheres). Já quando seco é mais provável que seja decorrente de hipotiroidismo ou hipertiroidismo.

Exames de sangue e a consulta médica são indispensáveis para verificar a situação do organismo. Em alguns casos a queda de cabelo é somente um sintoma de doença mais grave e que precisa de atendimento especializado.

Remédios Caseiros

Muitas pessoas que sofrem com a possibilidade de tornarem-se carecas para sempre encontram a solução para os problemas em remédios caseiros para queda de cabelo. Na maior parte eles estimulam o crescimento dos fios e contribuem para a criação de um ambiente propício ao tratamento dos folículos capilares.

A solução de babosa (Aloe Vera) de  ação hidratante é um dos fortalecedores mais conhecidos.  O Gérmen de trigo por sua vez funciona como um poderoso nutriente para os cabelos.

Enquanto isso,  o óleo de coco além de nutrir dá a maciez necessária para que os fios que permanecem no couro cabeludo fiquem mais hidratados e saudáveis – necessidade especialmente em mulheres que tem os fios danificados por tratamentos químicos.

São várias as receitas caseiras para tratar a queda de cabelo e garantir que nunca mais seja necessário se preocupar em esconder as falhas do cabelo.

A aplicação do remédio consiste na mistura de ingredientes e aplicação da pasta diretamente no couro cabeludo. Cada receita tem uma composição diferente que deve ser consultada e respeitada.

Tônico capilar

Os tônicos capilares tem o objetivo de tratar o couro cabeludo e criar um ambiente saudável para o crescimento e fortalecimento dos fios. Dependendo da fórmula podem ter funções diferentes, alguns se dedicam a combater problemas de pele como a caspa e seborreia (ambos estimulados pela oleosidade excessiva). Outros, previnem a proliferação de fungos e estimulam o crescimento dos fios, principalmente o bulbo capilar.

O bulbo capilar é a base da fibra capilar, é nessa parte que o couro cabeludo absorve a maior parte de nutrientes utilizados na nutrição dos fios. Os tônicos geralmente são ricos em diversas substâncias que ativam a absorção e circulação, irrigando o bulbo capilar e melhorando a absorvimento de componentes importantes para o cabelo.

Os tônicos ajudam a deixar os fios mais fortes e também fazem com que o cabelo cresça mais rápido. No entanto, na maior parte dos casos ele é mais recomendado para pessoas que não falhas evidentes, pois estimula a salubridade dos fios que ainda não foram danificados totalmente.

Suplementos alimentares

Uma alimentação equilibrada é a chave para manter os cabelos saudáveis, sedosos e fortes. Como muitas pessoas tem dificuldades em manter uma rotina saudável os suplementos vitamínicos pretendem suprir o organismo com tudo o que não pode faltar para a saúde dos fios.

Algumas vitaminas são fundamentais para a restauração do folículo, como a vitamina B e a vitamina A. Quando esses nutrientes são escassos a queda de cabelo começa acontecer principalmente em pessoas mais velhas.  Um dos exemplos de remédios que se encaixa neste segmento é o pantoguar.

Inibidores da 5-alfarredutase

A enzima  5- alfarreductase é uma das causas natural da queda de cabelo sobretudo nos homens. Essa enzima pode gerar pontos de sensibilidade no couro cabeludo e, consequentemente, as falhas. Alguns remédios como a Finasterida, originalmente utilizados para tratar o câncer de próstata tem a função de inibir essa enzima e, com isso, tratar a queda.

Melhoria da circulação sanguínea no couro cabeludo

Em alguns casos, a queda de cabelo não é a falta de vitaminas, mas a dificuldade que elas tem de penetrar no bulbo capilar. Assim alguns medicamentos promovem a melhoria da circulação no couro cabeludo, permitindo que nutrientes e vitaminas penetrem nos fios.  A exemplo de remédio comercializado com esta finalidade está o Minoxidil.

Esse tipo de tratamento poucas fezes gera a recuperação total dos fios, mas causa a retardação da queda evitando que ela tome proporções maiores.

 

Para alopecia androgenética

A alopecia androgenética é a principal causa de queda de cabelo entre os homens. Ela é uma configuração genética e herdada pelos genes familiares (AAG). Pessoas que nascem com essa condição estão mais propícios a desenvolver sensibilidade à testosterona que causa as falhas no cabelo.

Muitos remédios enzimáticos ajudam no tratamento dessa condição, já que ela não tem cura. o Zymo Hair por exemplo é um shampoo que consegue aumentar em até 73% o número de fios após 6 meses de tratamento.

Já o Revivogen contém ingredientes 100% natural que reduz a produção do DHT e ao mesmo tempo bloqueia os receptores dessa enzima que são sensibilizados pela condição genética da alopecia.  O mesmo é obtido com a utilização do Avicis.

Suplemento hormonal

O desequilibrio hormonal tem como um dos sintomas mais claros a queda de cabelo. Por isso, para agir contra a queda de cabelo nesta situação é preciso regular as dosagens de substâncias no corpo. Cada caso é um caso e tudo vai depender dos resultados que o seu organismo precisa, a orientação médica é muito importante para quem sofre deste problema.

A desregulagem de hormônios causa problemas muito mais sérios do que a simples queda e enfraquecimento dos fios, por isso deve ter mais urgência no tratamento. o Alfa-estradiol é um dos exemplos para queda de cabelo feminina que se encaixa nesse tipo de remédio.

Ansiolíticos, Antidepressivos e Calmantes

As causas emocionais e psicológicas são também uma das causas do enfraquecimento dos fios. Isso significa que o tratamento de suas condições emocionais terão consequências no crescimento de novos fios e fazer com que seu cabelo não continue a cair.

Fitoterápicos

Os medicamentos fitoterápicos se assemelham muito as receitas caseiras. Todos os remédios são 100% natural e tem em sua composição ervas e plantas que são estimulantes contra a queda de cabelo e a calvicie. A exemplo está o alecrim, o óleo de babosa, gingko biloba e outros. Eles podem ser encontrados em shampoos anti-queda, cremes, gel e condicionadores.

Minerais essenciais

A falta de minerais tais como o selênio, zinco e ferro são responsáveis por enfraquecer o cabelo e o organismo como um todo. Para quem não consegue adquirir essas subtâncias somente por meio da alimentação a suplementação torna-se necessária.

Shampoos especiais

Muitos shampoos são comercializados com a intenção de combater a queda de cabelo, suavizar o couro cabeludo e trazer os resultados esperados. A exemplo está o cetoconazol  e antifúngicos especializados para diminuir a população de fungos, oleosidade e até níveis de DHT.

Você também poderá encontrar na internet e no mercado shampoos com função anti-queda e hair active, os resultados são mais lentos, mas dependendo da causa da queda podem ser auxiliares no tratamento.

Inibidores do DHT

Alguns shampoos e remédios tem a função de combater o DHT bloeuqando os receptores androgenéticos e estimulando o crescimento de novos fios. É o caso do Revivogen. 

Estimulantes do crescimento capilar

O crescimento capilar pode ser estimulado de diferentes formas, mas a principal delas é pela manutenção do metabolismo energético. Isso melhora não somente a saúde dos cabelos, como de todo o corpo. Assim, o organismo pode transportar com mais facilidade os ácidos graxos e até estimular a ação das mitocôndrias para que transportem oxigênio para as células com mais eficiência.

Uma das substâncias mais conhecidas que desempenha essa função é a Carnitina – uma poderosa contra a queda de cabelo e principalmente para agir na prevenção.

Top 5 remédios mais utilizados

Os remédios mais utilizados de todos os citados acima são os específicos para casos de alopecia androgenética e causas hormonais:

  • Minoxidil
  • Finasterida
  • Pantoguar e
  • Follixin

Que médico devo procurar?

A melhor pessoa para indicar tratamento mais eficaz é um médico dermatologista ou especialista  em queda de cabelo. De qualquer forma, é bom saber que quem sofre com este problema não está sozinho e pode encontrar fáceis soluções para a restauração do couro cabeludo, saúde dos fios e poder da autoestima.

O tratamento para queda de cabelo, prescrito pelo médico dermatologista, vai de encontro com o tipo de queda de cabelo que se tem. Se a causa for simplesmente uma má alimentação, por exemplo, uma dieta balanceada deverá ser recomendada coma orientação de um nutricionista. Já se o problema for hormonal um endocrinologista é o mais recomendado.

Quando os fatores da queda de cabelo ou enfraquecimento dos fios são emocionais um psicólogo saberá o orientar para que se restaure a vivacidade, fazendo-o aprender a lidar com o stress, ansiedade e depressão comuns da sociedade moderna. Em alguns casos a recomendação de medicamentos pode acontecer, como ansiolíticos ou antidepressivos.

Tratamento queda de cabelo - Remédio

Quando começar a usar o remédio?

Cada tipo de remédio para queda de cabelo tem uma função e utilização específica que precisa ser respeitada de acordo com a orientação médica ou da bula. A maior parte dos tratamentos tem os primeiros resultados visíveis dentro de 6 meses, mas é claro, tudo depende de como o organismo reagir. Tudo o que você precisa ter é paciência e continuidade do uso.

O tratamento da queda de cabelo deve ser iniciado o quanto antes possível, afinal, se os folículos capilares morrerem a única solução possível é com a implantação ou uso de perucas.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
One Comment

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *