Seborreia - O que é? Causa queda de cabelo? Tratamento | Queda de Cabelo

Acabe com a queda de cabelo!

Junte-se a mais de 5.147 leitores que aprenderam a lidar com a queda de cabelo com nossas dicas e em POUCO TEMPO (é grátis)!

Seborreia – O que é? Causa queda de cabelo? Causa e tratamento

A seborreia ou dermatite seborreica é uma inflamação causada por ação de fungos do tipo Malassezia globosa provocando coceira, descamação e vermelhidão no couro cabeludo, orelhas, pálpebras, sobrancelhas e barba. A condição é desencadeada por uma série de fatores quais incluem o tipo de pele da pessoa e, apesar de não existir cura, é tratável.

O diagnóstico desta doença crônica da pele é feito pela análise de sintomas. A condição é caracterizada por manchas avermelhadas, coceira e descamação da pele como um farelo que pode ser oleoso, esbranquiçado e, às vezes, amarelado.  A dermatite seborreica é causadora da queda capilar, quando não tratada adequadamente.

dermatite seborreica na mulher

Sintomas da Seborreia

A dermatite seborreica se parece muito com a caspa, a diferença é que ela não tem um aspecto seco, mas sim oleoso e pode conter mal cheiro. A condição pode ser facilmente confundida com casos de psoríase ou rosácea dada a proximidade dos sintomas.

De acordo com avaliações médicas, a seborreia costuma aparecer após a adolescência e também é presente em bebês. A condição afeta cerca de 18% da população mundial e é mais comum entre os homens.

Confira abaixo todos os sintomas da seborreia:

  • oleosidade no couro cabeludo;
  • caspa;
  • escamas amareladas;
  • coceira;
  • vermelhidão;
  • queda de cabelo;
  • cascas dentro no nariz, atrás e dentro das orelhas, nas pálpebras, sobrancelha e barba.

Não existe nenhum tipo de teste especial para diagnosticar a seborreia, no entanto, a análise dos sintomas e o próprio histórico do paciente ajuda.

Dependendo da dificuldade de diferenciação dos sintomas, é possível mandar um pouco das escamas para análise para confirmar se há sinais de inflamação ou não. No caso da caspa comum, por exemplo, ela não é decorrente de processos inflamatórios. Já falamos aqui antes sobre as causas da caspa.

Causas da dermatite seborreica

O que causa a dermatite seborreica é a presença do fungo Malassezia (Pityrosporum ovale), que já faz parte da composição da flora cutânea. Acredita-se que a condição seja causada quando estes fungos se proliferam além do que deveria – algo que pode ser facilitado de acordo com o tipo de pele do indivíduo, quando há enfraquecimento do sistema imunológico ou mediante ao excesso de oleosidade na pele. 

A doença é mais recorrente em homens, o que também leva a acreditar que as taxas hormonais podem aumentar a produção do sebo. Nas mulheres, a ocorrência também pode estar relacionada a disfunções hormonais – principalmente quando o aparecimento acompanha as fases do ciclo menstrual.

Apesar de não existir um consenso na medicina sobre o desencadeamento da seborreia, acredita-se que ela aparece quando unida a diversos fatores. É comprovado, por exemplo, que a exposição ao estresse e a uma dieta desequilibrada aumentam as chances de desencadeamento da crise seborreica.

<< VEJA: Estresse causa sim a queda de cabelo, veja como controlar>>

Seborreia causa queda de cabelo?

Sim, a seborreica causa queda da de cabelo. Quando a doença ataca o couro cabeludo ela danifica a raiz, fazendo com que eles caiam. Casos mais sérios, em que a inflamação provoca cascas grossas, pode ocasionar falhas que impedem que o fio saia do folículo.

Além disso, a dermatite interfere muito na aparência dos fios. A presença da inflamação deixa os cabelos oleosos, com mal cheiro e repleto de cascas. A condição, a longo prazo, acaba interferindo no crescimento adequado do cabelo.

A seborreia não é uma das razões principais para a queda de cabelo, mas pode potencializar os danos de quem já sofre com o problema devido aos danos que causam no couro cabeludo.

É contagioso?

Não, o fungo que faz parte das causas da seborreia faz parte da flora biológica da pele de todas as pessoas, a diferença está a quantidade e o quanto podem causar danos se em grande quantidade.

Portanto, a seborreia não pega de um para o outro. O fungo que a desencadeia, o malassezia já está presente na flora cutânea de todos os seres humanos, a diferença está na proporção em que ele se apresenta.

Fatores de risco

Como comentado, a seborreia não possui causas exatas, porém ela pode ser uma combinação de fatores. Alguns se destacam:

  • Tipo de pele;
  • Estresse e ansiedade;
  • Presença de fungo (Pityrosporum ovale) que vive normalmente na pele;
  • Algumas condições médicas;
  • Alguns medicamentos;
  • Tempo frio e seco;
  • Quem tem doenças autoimunes;
  • Desregulação hormonal;
  • Uso de bebidas alcoólicas;
  • Na gravidez durante o primeiro semestre de gestação;
  • Quem toma banhos muito quente.

Há maior propensão da seborreia aparecer em recém-nascidos e em adultos dentro das faixas etárias dos 30 a 60 anos.

Pessoas de pele oleosa e o sexo masculino tendem a sofrer mais com a dermatite seborreica. Outros fatores de risco envolvem algumas condições médicas:

A seborreia não é causada pela falta de higiene como é considerada por muitas pessoas.

Seborreia em bebês

A dermatite seborreica é muito comum em bebês. Os sintomas neste caso os sintomas mais aparentes também são no couro cabeludo, como se tivesse uma caspa. A descamação também pode aparecer no rosto ou dobrinhas.

A causa do problema em bebês é a crosta láctea, uma condição que não traz grandes danos (somente a aparência). Acredita-se que ela acontece quando há contato direto com grande quantidade de hormônios da mãe antes do parto.

A consequência disso é que a pele da criança tende a produzir mais sebos, tampando as glândulas e dando margem para a reprodução massiva do fungo malassezia.

A seborreica costuma desaparecer dentro do primeiro ano de vida, quando a crosta láctea é eliminada naturalmente pela mudança hormonal da mãe consumida por meio da amamentação.

O tratamento de seborreia em bebês costuma ser feito com o uso de pomadas de cetoconazol e outros tipos de remédios anti-fúngicos. Também recomenda-se higienização ao menos duas a três vezes ao dia.

seborreia em bebes

Tratamento da Dermatite Seborreica

Para evitar a queda de cabelo e deixar os fios mais saudáveis, você pode tomar alguns cuidados e praticar algumas ações muito simples! Veja só quais são altamente recomendadas pelos médicos dermatologistas:

  • Adote uma dieta apropriada, sem restrição de nutrientes,
  • Largue o cigarro,
  • Evite as bebidas alcoólicas,
  • Nada de dormir com o cabelo molhado,
  • Não usar chapinha com os cabelos molhados,
  • Não usar chapeus ou bonés nem prendedores de cabelo,
  • Se os fios estão molhados, deixe os cabelos soltos,
  • Opte por uma escova certa, com pinos com bolinhas de massagem na ponta, pois protegem o couro cabeludo e dão mais leveza na hora de desembaraçar os fios,
  • Limpeza é sempre fundamental, deixar o cabelo sujo por muito tempo pode agravar a queda de cabelo,
  • Procure não se estressar: pode parecer impossível, mas busque diminuir a dose diária, ok?
  • Pratique exercícios físicos, pois eles liberam endorfina (irá diminuir o estresse e, por consequência, a queda de cabelo!).

Lembre-se que se um organismo apresenta uma boa saúde, o cabelo também fará o mesmo.

 

melhores tratamentos para queda feminina

Atenção! Você não deve tentar remover as escamas com as mãos ou unhas, isso irá fazer com que se forme uma casca no local, podendo lhe deixar com falhas capilares permanentes na região!

Remédios mais recomendados

Os remédios para dermatite seborreica são indicados para os adultos que sofrem do problema. Muitos deles se tratam de shampoos especiais e cremes manipulados.

  • Cetoconazol – Já falamos sobre como usar cetoconazol comprimido ou shampoo;
  • Sulfeto de selênio;
  • Piritonato de zinco;
  • Alcatrão de hulha;
  • Ácido salicílico;
  • Cefanazil;
  • Clindamin-C;
  • Diane 35 (para mulheres com desregulação hormonal)
  • Novocort;
  • Vetnovate;
  • Fungirox;
  • Cetobeta;
  • Shampoos anticaspa como o shampoo de cetoconazol da Medley.

Prefira os shampoos sem sal e de linhas como o da Head e Shoulders, n qual ajudam a aliviar o ardor e coceira. Fique atento a frequência do uso dos shampoos especializados: geralmente eles não devem ser usados todos os dias, mas somente algumas vezes na semana!

Em muitos casos é preciso testar mais de um tipo de tratamento até acertar a melhor indicação médica. Para acelerar os resultados recomenda-se manter bons hábitos alimentares, não comer alimentos gordurosos, não usar chapinhas e nem mesmo tomar banhos quentes demais.

remédio natural para seborreia

Tratamento para seborreia nas orelhas, pálpebras ou sobrancelhas

Quando as escamas não são na cabeça – como no caso de crianças,  é recomendado cremes e pomadas. Entre elas:

  • Loções corticosteroides
  • Produtos a base de enxofre
  • Loções antialérgicas

Recomenda-se lavar sempre bem o local para evitar que a descamação inflame, também é recomendado proteger contra o suor e excesso de frio ou calor.

Tratamento natural – Receitas caseiras

Muitas pessoas preferem as substâncias naturais para o tratamento da seborreia, afinal, estas técnicas geralmente são isentas de efeitos colaterais e podem ser muito benéfica a saúde dos fios.

No entanto, vale lembrar que várias das técnicas não tem comprovação científica e não te darão garantia de resultados. A recomendação para quem vai tentar é manter o tratamento por pelo menos uma semana.

Vinagre de Maçã

vinagre de maca tratametno seborreiaEste é o remédio natural mais conhecido para quem sofre de dermatite seborreica, sua ação antimicrobiana realmente traz benefícios no controle de fungos capilares, sem contar que ajuda no controle da oleosidade.

Para fazer basta misturar o vinagre de maçã com um pouco de água e bicarbonato de sódio num vidro spray. Espirre na cabeça e lave com a ponta dos dedos, depois enxague e repita a operação. Faça a lavagem em água morna quase fria.

Acredita-se também que a substituição completa de produtos como shampoos, sabonetes e condicionadores seja benéfico par ao tratamento em alguns casos. Isso acontece por conta da ação dos químicos petrolados que compõem a maior parte dos produtos e prejudicam a respiração adequada dos poros capilares.

Alho com óleo de coco

suco de alho tratamento seborreiaO alho também é um potente antifúngico. O problema é que este tratamento pode deixar os fios extremamente ressecados, uma vez que o material forma uma espécie de uma cola. O cheio também não é dos mais agradáveis.

A mistura com óleo de coco ajuda a manter o comprimento dos fios hidratado, mas nada de colocar óleo no couro cabeludo – isso ajudará a deixá-lo ainda mais oleoso e aumentará o aparecimento da caspa.

A recomendação é para esmagar um dente de alho e misturar com uma sopa de óleo de coco, aplicando bem na área afetada e depois ensaboar com um shampoo anti-caspa.

Mel

O mel é um antifúngico natural que promete ajudar na prevenção de inflamações. Como a pele contaminada pelas cascas pode ficar um pouco ressecada, você pode prevenir consequências mais sérias ao aplicar o mel puro nas áreas afetadas e deixar agir por 30 minutos.

Depois enxague com vinagre de maçã e bastante água.  Deixe o cabelo secar sem prendê-lo e nem usar o secador.

Evite usar produtos que contenham álcool, quando usa-se vinagre e derivados o ardor pode piorar. Não se esqueça que entre as causas da dermatite seborreica estão o estresse e baixa do sistema imunológico. Manter uma rotina poderá ajudar – e muito- a se livrar desta condição de pele.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...
39 Comments

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *